Categoria: Newsletter



AEBB na linha da frente no apoio à internacionalização das empresas da Beira Baixa

logo_aebb_cores_curvas_quadrado

 

A AEBB – Associação Empresarial da Beira Baixa é uma entidade sem fins lucrativos, de utilidade pública, cujo âmbito de intervenção que abrange 11 concelhos distribuídos por 3 Comunidades Intermunicipais (distrito de Castelo Branco): Beiras e Serra da Estrela (Belmonte, Covilhã e Fundão), Beira Baixa (Castelo Branco, Idanha-a-Nova, Oleiros, Penamacor, Proença-a-Nova, Vila Velha de Ródão) e Médio Tejo (Sertã e Vila de Rei).

Ao longo de 32 anos de existência, tem concentrado os seus esforços em promover o desenvolvimento das atividades económicas da região, assegurando uma participação de crescimento exponencial em matéria decisiva e programática no que diga respeito às empresas e região, trabalhando de acordo com uma estratégia de proximidade e de cooperação, de modo a tornar o tecido empresarial e a região cada vez mais competitivos e economicamente e socialmente sustentáveis.

A sua intervenção está orientada para induzir nas empresas, direta ou indiretamente, dinâmicas que permitam responder com sucesso às novas exigências dos mercados, prestando apoio técnico às empresas e desencadeando processos de intervenção em áreas estratégicas como a cooperação, formação e qualificação, empreendedorismo, inovação, financiamento e internacionalização.

No que concerne ao apoio à Internacionalização da economia e empresas da região, a AEBB tem desenvolvido esforços no sentido de contribuir para a sua sustentabilidade e crescimento, através da disponibilização de bens e serviços coletivos que potenciem mais e melhor a inteligência económica e competitividade dos mercados internacionais.

Foi neste contexto que a AEBB em parceria com o Jornal do Fundão, realizou no passado dia 14 de Junho, o 1ºFórum Empresarial da Beira Baixa, em Castelo Branco, com o objetivo de debater um conjunto de questões centrais ao processo de internacionalização das empresas e ouvir e dar visibilidade às próprias empresas e aos empresários que já possuem essa experiência.

O encontro reuniu um expressivo número de empresários, autarcas, decisores públicos e académicos e lançou bases sólidas para a constituição de uma plataforma de debate sobre temas interrelacionados da internacionalização e da competitividade com o objetivo único de contribuir para a sustentabilidade e crescimento do território da Beira Baixa, numa perspetiva de promoção internacional das suas empresas.

Conheça de perto as conclusões do 1ºFórum Empresarial da Beira Baixa, disponíveis em http://eventosaebb.pt

Partilhar...Email this to someoneTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on LinkedIn

  Categoria: Newsletter, Notícias dos Associados


A CIP deseja a todos os assinantes desta publicação umas Boas Férias e informa que a próxima edição sairá em setembro.

Partilhar...Email this to someoneTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on LinkedIn

  Categoria: Newsletter


Próximo Congresso da CIP realiza-se a 22 de outubro

banner_1200x12002

 

A CIP realiza, no próximo dia 22 de outubro, no Centro de Congressos do Estoril, o seu Congresso anual e o último do presente mandato, dedicado ao tema: “Portugal: Crescimento ou Estagnação? A resposta está nas empresas!“.

Num mundo fortemente marcado pela incerteza, num País ainda com índices de crescimento económico modestos, vivemos tempos de definição, onde a atividade empresarial reclama para si o papel de motor da mudança.

Portugal necessita de um novo modelo de desenvolvimento que comece por reconhecer às empresas a dimensão e importância que têm no País e na sociedade, capaz de facilitar o seu desempenho e que seja indutor de um maior crescimento económico.

Nunca é demais recordar que são as empresas quem mais empregos cria, mais riqueza produz, mais inovação promove e maior crescimento alcança. Nunca é demais recordar que foi pelo seu empenho e sacrifício, pela sua esperança persistente e pelos resultados que alcançaram, apesar de todas as contrariedades, que Portugal logrou sair da crise de soberania e de descalabro financeiro em que mergulhou.

É tempo de reformarmos o sistema vigente em busca de um modelo mais centrado na produção e competitividade. Um modelo que garanta o contínuo desenvolvimento do País.

Preocupados essencialmente com o futuro do crescimento económico e com o equilíbrio social das mudanças que se avizinham, pretendemos reunir os mais destacados empresários e as personalidades mais relevantes para uma reflexão profícua sobre o futuro da economia portuguesa.

Inscreva-se aqui.

PROGRAMA PROVISÓRIO

08h30     Receção de Participantes

09h00     CERIMÓNIA DE ABERTURA

09h45     Intervenção

// Debate

10h45     Coffee break

11h15     SESSÃO PLENÁRIA

O Futuro do Trabalho e o Imperativo da Requalificação

// Debate

13h00     Almoço 

14h30     Reinventar a Globalização

// Debate

15h30     Um Modelo de Desenvolvimento Económico para Portugal

// Debate

17h30     SESSÃO DE ENCERRAMENTO

Partilhar...Email this to someoneTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on LinkedIn

  Categoria: Newsletter