Categoria: Newsletter



Próximo Congresso da CIP realiza-se a 22 de outubro

banner_1200x12002

 

A CIP realiza, no próximo dia 22 de outubro, no Centro de Congressos do Estoril, o seu Congresso anual e o último do presente mandato, dedicado ao tema: “Portugal: Crescimento ou Estagnação? A resposta está nas empresas!“.

Num mundo fortemente marcado pela incerteza, num País ainda com índices de crescimento económico modestos, vivemos tempos de definição, onde a atividade empresarial reclama para si o papel de motor da mudança.

Portugal necessita de um novo modelo de desenvolvimento que comece por reconhecer às empresas a dimensão e importância que têm no País e na sociedade, capaz de facilitar o seu desempenho e que seja indutor de um maior crescimento económico.

Nunca é demais recordar que são as empresas quem mais empregos cria, mais riqueza produz, mais inovação promove e maior crescimento alcança. Nunca é demais recordar que foi pelo seu empenho e sacrifício, pela sua esperança persistente e pelos resultados que alcançaram, apesar de todas as contrariedades, que Portugal logrou sair da crise de soberania e de descalabro financeiro em que mergulhou.

É tempo de reformarmos o sistema vigente em busca de um modelo mais centrado na produção e competitividade. Um modelo que garanta o contínuo desenvolvimento do País.

Preocupados essencialmente com o futuro do crescimento económico e com o equilíbrio social das mudanças que se avizinham, pretendemos reunir os mais destacados empresários e as personalidades mais relevantes para uma reflexão profícua sobre o futuro da economia portuguesa.

Inscreva-se aqui.

PROGRAMA PROVISÓRIO

08h30     Receção de Participantes

09h00     CERIMÓNIA DE ABERTURA

09h45     Intervenção

// Debate

10h45     Coffee break

11h15     SESSÃO PLENÁRIA

O Futuro do Trabalho e o Imperativo da Requalificação

// Debate

13h00     Almoço 

14h30     Reinventar a Globalização

// Debate

15h30     Um Modelo de Desenvolvimento Económico para Portugal

// Debate

17h30     SESSÃO DE ENCERRAMENTO

Partilhar...Email this to someoneTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on LinkedIn

  Categoria: Newsletter


NERBE/AEBAL – Associação Empresarial do Baixo Alentejo e Litoral

logo_nerbe

Fundado em 1987, o NERBE – Núcleo Empresarial da Região de Beja – surgiu face à necessidade sentida, por um grupo de empresários do Distrito de Beja, da existência de uma estrutura que defendesse os interesses específicos da indústria regional. Em 1991, após alguns anos de intensa atividade e experiência acumulada como delegação da AIP, o NERBE passou a ser uma associação regional dotada de personalidade jurídica e em 1998 foi alterada a sua designação para NERBE/AEBAL – Associação Empresarial do Baixo Alentejo e Litoral.

Com sede em Beja, tem como missão, promover o desenvolvimento económico da região e, fortalecer o tecido empresarial do distrito de Beja, através do apoio e defesa dos interesses da atividade empresarial dos seus associados e da dinamização de projetos de melhoria do contexto e envolvente empresarial.

O NERBE/AEBAL tem como principais linhas de orientação a prossecução dos seguintes objetivos:

– Promover o estudo de todas as questões que se relacionem com os seus objetivos;

– Dinamizar a atividade associativa da região e incrementar o espírito de solidariedade e de apoio entre os seus associados;

– Contribuir para o desenvolvimento das empresas regionais e dos vários setores de atividade, essencialmente os considerados estratégicos para a região;

– Organizar e manter serviços de interesse para os seus associados, prestando adequada informação, apoio técnico e de consultoria, designadamente, na área de formação;

– Organizar certames, conferências, colóquios, cursos ou quaisquer outras manifestações que contribuam para a realização dos seus objetivos;

– Cooperar ativamente com entidades, públicas e privadas, nacionais e estrangeiras, em tudo o que contribua para o harmónico desenvolvimento regional;

Para o desenvolvimento da sua atividade, o NERBE/AEBAL, criou cinco departamentos, tendo cada um deles diferentes atribuições.

a) Departamento de Iniciativa Empresarial, cujas principais atividades são a realização de candidaturas do NERBE/AEBAL a programas comunitários e o acompanhamento de projetos de investimento realizados pela Associação, ou por entidades terceiras, contratados ao NERBE/AEBAL, assim como o apoio aos empresários face às dificuldades com que se deparam na sua atividade.

b) Departamento de Desenvolvimento Regional, cujo objetivo é harmonizar o desenvolvimento económico com os investimentos estruturantes existentes na região. Neste contexto, o departamento atua ao nível dos projetos âncora, nomeadamente o Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva, o Aeroporto de Beja, a IP8, a faixa mineira existente no Distrito, o turismo, entre outros.

c) Departamento de Comunicação e Eventos, que realiza o levantamento, tratamento e disseminação da informação para o NERBE/AEBAL e para os seus Associados. Este departamento divulga projetos e iniciativas de interesse para a Associação, empresários e Região, alimenta os conteúdos do website do NERBE/AEBAL, tendo uma atuação transversal a todos os departamentos. Este departamento também é responsável pela organização dos eventos que a Associação desenvolve, quer individualmente, quer em parceria.

d) Departamento Administrativo/Financeiro, que presta o apoio administrativo e financeiro necessário ao bom funcionamento da Associação. O departamento tem também a responsabilidade de promover o aluguer dos diversos espaços (salas de formação, auditório, pavilhões), assim como a manutenção das instalações.

e) Departamento de Apoio ao Associado, cujo objetivo é encontrar formas de facilitar a vida empresarial dos Associados do NERBE/AEBAL. Para tal são estabelecidas parcerias estratégicas que justificam o benefício de ser sócio, nomeadamente para a prestação de serviços e/ou celebração de protocolos em áreas transversais a todos os sectores de atividade, que permitam um acesso a estes serviços por parte das empresas associadas, em condições preferenciais.

Eixos Estruturantes

Inovação

A inovação e o desenvolvimento tecnológico junto das empresas da região tem sido uma das prioridades do NERBE/AEBAL. Desta forma a Associação tem vindo ao longo dos anos a desenvolver atividades, projetos e iniciativas com o objetivo de promover e incrementar a implementação de inovação no tecido empresarial regional. Neste âmbito encontra-se o NERBE/AEBAL completamente comprometido com instituições de I&D da Região de forma a lhe transmitir as necessidades sentidas a nível de tecnologia por parte das empresas e a facilitar a incorporação de conteúdos técnicos e tecnológicos no processo produtivo do tecido empresarial regional.

Empreendedorismo

No âmbito do apoio ao empreendedorismo o NERBE/AEBAL tem vindo a apoiar o surgimento de novas ideias de negócio e na constituição de novas empresas. No âmbito deste eixo estratégico a Associação tem vindo a desenvolver projetos nos últimos anos junto da comunidade empreendedora, quer junto das escolas da região. Também no âmbito deste eixo o NERBE/AEBAL, desde 2010 disponibiliza um Ninho de Empresas, constituído por 5 espaços de incubação e sala de reuniões partilhada. Ainda no âmbito da temática do Empreendedorismo e sendo também transversal ao eixo da Inovação, a Associação apresentou ao programa operacional regional do Alentejo uma candidatura para construção de um Centro de Incubação de Base Tecnológica, consubstanciado numa parceria com os Centros de Investigação localizados em Beja (IPBeja, CEBAL e COTR), que aguarda aprovação.

Internacionalização

Este eixo estratégico assumiu-se como de estrema importância para o NERBE/AEBAL, pois é no âmbito deste eixo que a Associação mais projetos tem vindo a desenvolver na última década. Realça-se assim projetos postos em prática com outras Associações Regionais congéneres como o NERE e NERPOR. Os projetos de internacionalização levados a cabo pelo NERBE/AEBAL têm tido como principal foco incrementar o volume de vendas internacional do tecido empresarial da região, assim como iniciar o processo de exportação para empresas que ainda não iniciaram a sua atividade de internacionalização. Salienta-se também a atividade de atração de investimento para a área de influência do Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva levada a cabo pela Associação em parceira com a EDIA, SA.

Salienta-se que para além da atividade realizadas no âmbito dos eixos estruturantes o NERBE/AEBAL conjuntamente com todos os atores regionais tem vindo a defender não só o desenvolvimento da região Baixo Alentejo e Alentejo Litoral (a sua área de intervenção) mas do Alentejo como um todo, porque acredita que só desta forma se consegue uma região forte, prospera e capaz de contribuir para o desenvolvimento de Portugal.

Partilhar...Email this to someoneTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on LinkedIn

  Categoria: Newsletter, Notícias dos Associados


TRIVALOR

trivalor-logo-quadrado

 

A Trivalor SGPS, S.A. é uma holding de capital 100% português com 50 anos de actividade no segmento de Business & Facility Services. Com uma abrangente oferta de serviços em todo o território nacional, as suas 15 empresas são responsáveis pelo bem-estar diário de milhões de consumidores.

Iniciou a sua atividade no sector alimentar, sendo hoje líder no mercado nacional de prestação de serviços em outsourcing. A sua estratégia de crescimento permitiu-lhe assumir um posicionamento transversal e integrador de Facility Services.

A Trivalor oferece um leque alargado de soluções distribuídas por quatro áreas distintas: Management and Services, onde se insere a gestão integrada de serviços, serviços partilhados e saúde e segurança no trabalho (Sinal Mais, B2B e VivaMais); Food Services, que integra a restauração coletiva, restauração pública e catering de eventos e o vending (Gertal, ITAU, Cerger e a Serdial); Logistics and Distribution, que agrega representações e logística, produção alimentar e  produção industrial (Sogenave, FEB Cafés e Biosog); e Facility Services, que inclui a segurança humana e eletrónica, limpeza, benefícios e incentivos, manutenção e gestão de facilities, gestão documental e trabalho temporário e outsourcing (Strong Charon, Iberlim, Ticket Serviços, Flexben, upK, Papiro, A Temporária e A Temporária Outsourcing).

Privilegiando sempre a produção e fornecedores nacionais, a Trivalor promove a aposta num desenvolvimento sustentável de todas as suas atividades, contribuindo para a evolução social, económica e ambiental da sociedade portuguesa.

Conta com mais de 28.000 colaboradores com a missão de servir bem-estar e criar valor para todos os seus stakeholders, assumindo um compromisso assente num conjunto de valores comuns que definem a sua atuação e que são transversais a todas as suas empresas: excelência, confiança, inovação e sustentabilidade.

A inovação e a transformação tecnológica têm sido prioridades da Trivalor, através da promoção de mudanças importantes na criação de novos recursos e na melhoria de processos, alicerçadas numa filosofia de evolução permanente.  Movidos pelas pessoas – clientes, consumidores e colaboradores –, mas nunca descurando a implementação de melhorias operacionais e aumento de sinergias, a Trivalor tem assim potenciado progressivamente o crescimento da sua atividade e das suas empresas.

Os quatro eixos estratégicos, nos quais assenta a sua identidade – pessoas no topo, melhoria contínua na gestão, inovação permanente e aposta na transformação digital –, têm sustentado o crescimento que faz da Trivalor líder no mercado português.

Partilhar...Email this to someoneTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on LinkedIn

  Categoria: Newsletter, Notícias dos Associados