CIP subscreve “Manifesto por uma Floresta não Descriminada”

  Categoria: Assuntos Económicos, Destaque

2018-11-30_eucalipto

 

Alusões pouco rigorosas, avançadas por diferentes meios, sobre a gestão da Floresta e as causas dos incêndios em Portugal preocupam signatários do Manifesto por uma Floresta não Descriminada, ao qual a CIP se associou.

Este Manifesto é subscrito por mais de cem representantes do meio académico, da indústria, do poder local, da produção florestal, entre outras personalidades, preocupadas com o futuro da Floresta em Portugal.

Leia o Manifesto por uma Floresta não Descriminada, na íntegra, aqui.

Partilhar...Email this to someoneTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on LinkedIn