A Secretária-Geral da CIP, Carla Sequeira, esteve em Bruxelas numa ronda de reuniões com a Comissão, o Parlamento Europeu e a Representação Permanente de Portugal, para apresentar as principais preocupações das empresas portuguesas e debater soluções ao nível europeu.

A CIP apelou à necessidade urgente de suspender as propostas legislativas que impõe pesados encargos às empresas, num contexto onde deveria ser prioritário para a UE facilitar o funcionamento das empresas que enfrentam uma escalada de preços da energia, escassez de matérias-primas, falta de mão de obra, fraca procura e aumento dos custos de financiamento.