Teve lugar a 9 e 10 de dezembro o 14º Congresso Internacional de Capital de Risco, Venture Capital IT, o evento de referência nacional dedicado ao Capital de Risco, Business Angels, Empreendedorismo e Inovação, que reuniu em Lisboa diversos especialistas nacionais e internacionais.

O Presidente da CIP, António Saraiva, foi orador convidado da cerimónia de encerramento e entrega de prémios deste certame, em que foram reconhecidos os empreendedores e as empresas que mais se distinguiram no desenvolvimento das suas atividades.

Na sua intervenção, António Saraiva destacou duas preocupações que estiveram em debate nos dois dias de jornada e que devem ser partilhadas por todos, enquanto atores do Ecossistema Empreendedor Nacional.
A primeira diz respeito ao trabalhar em conjunto. “Por todo o País vemos Autoridades Municipais, Universidades, Associações de Business Angels, Incubadores de empresas, Aceleradoras de empresas, Plataformas de Crowdfunding, entre muitos outros, a providenciar gabinetes de apoio, formação dedicada, consultoria, infraestruturas especializadas ou maior acessibilidade a capital. Falta agora, como referiu o Dr. Francisco Banha na sua intervenção de abertura, desenvolver uma maior complementaridade entre estes diversos atores, ao nível do planeamento, dos investimentos e da atividade“.
A segunda preocupação diz respeito à ligação Universidade-Empresa como elemento diferenciador do empreendedorismo qualificado. “A função das Universidades não é só a de transmitir conhecimentos ou desenvolver competências, é também a de criar novo conhecimento e, nesta vertente, a Universidade deve abrir-se ao mundo empresarial e dirigir os seus esforços de produção de novo conhecimento no sentido da sua valorização social e económica, contribuindo para a transformação deste em verdadeira inovação“.
Para que a ligação Universidade-Empresa seja efetiva, a CIP propõe, nas palavras do seu líder, “a contribuição efetiva dos investigadores para os resultados da inovação empresarial, através de experiências de cooperação com as empresas ou de criação de start-ups deveria ser valorizada como critério de progressão nas carreiras académicas. Este seria um poderoso incentivo para facilitar a aproximação entre o mundo académico e o mundo empresarial“.

O anfitrião deste 14º Congresso Internacional de Capital de Risco, Francisco Banha, CEO da Gesbanha e Presidente da FNABA – Federação Nacional de Associações de Bussiness Angels, associada da CIP, destacou, no seu discurso de boas vindas, que “é por isso que valeu a pena continuar a reunir os diversos atores do Ecossistema Empreendedor – cada um com a sua vocação muito própria – num espaço único e transversal, para debater as barreiras que é preciso eliminar e as tão necessárias mudanças estruturais de que a nossa economia tanto precisa para conseguir crescer“.

Os prémios do Venture capital IT 2014 distinguiram Luís Silva, da Wit Software, na categoria de Empreendedor do Ano e Pedro Ribeiro, da Doha Outlet Mall – Qatar, como Intrapreneur do Ano. A Sendys, SA foi distinguida na categoria de Internacionalização e a CEI ZIPOR na de Inovação. Carlos Filipe Camelo, do Município de Seia, foi o Autarca Empreendedor de 2014.

Conheça aqui a intervenção de António Saraiva e aqui a de Francisco Banha.