No Âmbito da sua Politica de Cooperação Internacional e Desenvolvimento, a UE visa apoiar, através de programas e fundos europeus, os países em desenvolvimento. Nesse sentido, foi lançada em 1992 a Cooperação PALOP-UE, posteriormente estendida a Timor-Leste (TL) em 2007, que, tendo por base o Acordo de Cotonu e abrangendo diversos domínios, tem como objetivo principal estreitar os laços entre os Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa e Timor-Leste com os Estados-membros da UE.
Neste contexto no dia 30 de Abril de 2015, no âmbito da Cooperação PALOP/TL-UE, foi assinado, em S. Tomé e Príncipe, um acordo de cooperação entre ambas as partes que prevê um apoio financeiro da UE aos países africanos de língua oficial portuguesa e Timor-Leste no valor de 30 Milhões de Euros.
Este acordo de cooperação é financiado ao abrigo do 11º Fundo Europeu de Desenvolvimento vigente entre 2014-2020 e tem como principais prioridades
• Promover o emprego, através da mobilidade e da inclusão social, utilizando a língua portuguesa.
• Reforçar a rede regional de cooperação existente dentro dos países da CPLP.
• Reforçar a capacidade institucional dos PALOP/TL em áreas políticas fundamentais de interesse comum com a UE, nomeadamente estatísticas, justiça, ciclos eleitorais, e novos domínios como a investigação, as alterações climáticas ou as questões ambientais.
Com este acordo de cooperação reforçar-se, assim, a possibilidade de estabelecimento e consolidação de novas parcerias estratégicas entre os PALOP/TL e a UE, abrindo-se também, deste modo, uma janela de oportunidade para reforço dos negócios e da competitividade das empresas dos países da CPLP.