O 1º Painel do Congresso da CIP teve como tema de fundo a Reindustrialização e a Nova Política Industrial para o Século XXI, resultou do trabalho desenvolvido pelos oito grupos de trabalho dinamizados pelo Conselho da Indústria da CIP, presidido por Luís Mira Amaral, e desenvolveu uma reflexão aprofundada sobre o que deverá ser a nova política industrial para o século XXI.

Luís Mira Amaral começou por fazer uma intervenção de fundo sobre o tema geral do painel, e moderou as exposições e comentários que se seguiram sobre 5 temas especificos considerados críticos para a implementação de verdadeiras políticas de reindustrialização.

José Cordeiro, do Conselho da Indústria da CIP, e José Carlos Caldeira, Presidente da Agência Nacional da Inovação, defenderam a Ciência e a Tecnologia como dois conceitos que devem concorrer para um sistema de inovação que nos permita produzir com maior valor económico.

António Neto da Silva, do Conselho da Indústria da CIP, e Augusto Medina, Presidente da Sociedade Portuguesa de Inovação, debateram o IDE, a Competitividade e a Promoção Externa como fatores de promoção que facilitem o investimento direto estrangeiro.

Pedro Sena da Silva, do Conselho da Indústria da CIP, e Joaquim Delgado, Professor do Instituto Politécnico de Viseu, abordaram a Mobilidade Elétrica, na perspetiva das oportunidades que se abrem neste domínio à indústria nacional.

José Manuel Fernandes, do Conselho da Indústria da CIP, e Pedro Reis, Assessor da Comissão Executiva do Millennium BCP, sensibilizaram para a importância da Internacionalização das PME, conscientes de que o aumento significativo das exportações é um desafio prioritário da economia nacional.

António Melo Pires, do Conselho da Indústria da CIP, e Mário Lopes, Professor do Instituto Superior Técnico de Lisboa, analisaram a prioridade em que consiste o Sistema Logístico e Transportes, para fazer de Portugal uma plataforma global.

A encerrar este 1º painel estiveram Carlos Brazão, da CISCO, e Fernando Resina da Silva, da Vieira de Almeida & Associados, moderados por Armindo Monteiro, Vice-Presidente da CIP, que realçaram o papel das Tecnologias de Informação e a Agenda Digital, designadamente no quadro da participação de Portugal na estratégia para o mercado único digital.

Conheça aqui as Conclusões do 1º Painel de Debate do Congresso da CIP.