A nova Comissão Europeia inicia funções no próximo dia 1 de Novembro, apenas com uma alteração na composição inicialmente proposta por Jean-Claude Juncker.  A comissária inicialmente designada para Vice-Presidente para a União Energética, Alenka Bratušek, pediu demissão em resultado das fortes criticas dos membros do Parlamento Europeu à sua audição.  Com esta saída Juncker optou por atribuir o portfolio dos transportes à nova Comissária eslovena, Violeta Bulc, e atribuir a Vice-presidência para a União Energética ao eslovaco Maroš Šefčovič.