A CIP – Confederação Empresarial de Portugal subscreveu hoje o Acordo relativo à atualização da Retribuição Mínima mensal Garantida, Competitividade e Promoção do Emprego, que fixa o salário mínimo nacional em €505 a partir de 1 de outubro, mantendo-se este valor em vigor até 31 de dezembro de 2015.

O acordo prevê ainda a diminuição de 0.75 p.p. das contribuições sociais (TSU) a cargo das entidades empregadoras, relativamente aos trabalhadores beneficiados pelo aumento do salário mínimo.

Este acordo foi subscrito pelo Governo e pelos Parceiros Sociais subscritores do compromisso para o Crescimento, Competitividade e Emprego, de janeiro de 2012.

Conheça aqui o acordo na íntegra.