Congresso CIP 2018 – Programa

banner-1140x260px-4

INÍCIO   |   PROGRAMA   |   ORADORES   |   PATROCINADORES   |   FOTOS   |   VÍDEOS

AAAA

icone_pdf descarregue a versão pdf aqui

PROGRAMA

09h30      Registo dos Participantes e Café de Boas-Vindas

10h30      Abertura pelo Presidente da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, Emídio Sousa
                 O Valor das Empresas – Intervenção do Presidente da CIP, António Saraiva
                 Intervenção de Sua Excelência O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

11h45      Painel 1: As empresas na liderança da transformação digital

Este painel abordará temas como a Industria 4.0, a inteligência artificial, a robotização, a internet das coisas. Serão debatidos os desafios da adaptação da indústria aos clientes do futuro: novas exigências, novas formas de comprar, necessidade de respostas personalizadas e globais. Em 2020 ainda haverá alguma empresa não digital?

Alcino Lavrador, ALTICE LABS
Cristina Fonseca, TALKDESK
Lídia Tarré, GELPEIXE                                                                                                                                                                                                                                                                   – Paulo Pereira da Silva, RENOVA
Pedro Duarte, CIP/CEED
Armindo Monteiro, CIP

// Intervenção dos Congressistas

                Painel 2: As empresas, as pessoas e o trabalho do futuro

O mundo do trabalho está a mudar de forma vertiginosa. A tecnologia evolui a um ritmo tão acelerado que todos seremos sempre “novatos”. As pessoas e as máquinas passarão a trabalhar em colaboração e grande parte dos empregos do futuro são hoje desconhecidos.  Que qualificações e competências são necessárias nas empresas? Como estão as empresas a preparar este futuro? Que políticas públicas de educação e formação profissional? Neste painel pretendemos ainda abordar temas de relevo para a organização do trabalho e motivação dos colaboradores, como a flexibilidade e mobilidade laboral, a importância do equilíbrio trabalho/vida pessoal.

Ana Cristina Fonseca, SONAE
Ana Paula Bernardo, UGT
Fernando Sousa, ZIPOR
Jorge Portugal, COTEC
Rafael Campos Pereira, CIP

// Intervenção dos Congressistas

13h15      Intervalo para almoço

14h45      Portugal para lá do curto prazo
                 Rui Rio, Presidente do PSD

// Intervenção dos Congressistas

15h30      Painel 3: O desafio demográfico e as suas implicações  nas politicas públicas, na Saúde, Segurança Social e nas empresas

A Europa é uma das regiões do mundo em que o índice de envelhecimento é mais elevado. Segundo a Comissão Europeia, Portugal ocupa o 4.º lugar na Europa com maior percentagem de pessoas idosas e caminhamos, a passos largos, para a 2.ª posição neste ranking. As projeções mais recentes apontam para que a população portuguesa caia para os 8 milhões em 2060, menos 2 milhões que em 2013. Em 2060, três milhões de portugueses terão 65 ou mais anos. Ou seja, mais de um terço da população portuguesa terá mais de 65 anos.
Portugal tem índices pouco positivos na qualidade de vida após os 65 anos e muitas necessidades sociais não satisfeitas, sobretudo nas comunidades mais isoladas, tanto nas zonas territoriais menos densamente povoadas e nos grandes centros urbanos. Este desafio vai acentuar-se, exigindo serviços e produtos que correspondam a novas procuras e a necessidades que se acentuam com a dinâmica demográfica.
Importa por isso refletir e desenhar caminhos que respondam aos novos desafios que são colocados ao poder político, à sociedade e às empresas, a saber:
O mercado de trabalho e o envelhecimento ativo; A Sustentabilidade dos Sistemas de Saúde e de Segurança Social; Alinhar Portugal com os países da OCDE; A capacidade de atração de emigrantes e migrantes qualificados; que mercado se gera com novos produtos e serviços que serão procurados por uma população mais envelhecida mas também mais ativa?; A inovação tecnológica e o desenvolvimento das ciências da vida são uma oportunidade económica para Portugal?

Ana João Sepúlveda, 40+LAB
Óscar Gaspar, APHP
Salvador de Mello, MELLO SAÚDE
João Almeida Lopes, CIP

// Intervenção dos Congressistas

                Painel 4: Investir para criar mais valor

As empresas são o principal criador de riqueza. Para produzirem mais e melhor, precisam de investir. Só investindo poderão aumentar a sua capacidade de produção e incorporar inovação nos produtos e nos processos, aumentando assim a sua produtividade e competitividade.  Quais os principais constrangimentos ao investimento? Que políticas públicas precisamos para os vencer? Como canalizar os recursos financeiros para o investimento empresarial?

– Keynote Speaker: Fernando Alexandre, Universidade do Minho
Ângelo Ramalho, EFACEC
António Costa Silva, Partex
Tiago Caiado Guerreiro, Fiscalista
Jorge Santos, CIP

// Intervenção dos Congressistas

17h00      Intervalo para café

17h15      Competitividade: Condição para a coesão económica e social

– Moderação: Rosália Amorim, DINHEIRO VIVO
Armindo Monteiro, CIP
Rafael Campos Pereira, CIP
Salvador de Mello, CIP
Jorge Santos, CIP

18h00      Comentários finais – António Saraiva, Presidente da CIP

18h15      Encerramento pelo Ministro Adjunto, Pedro Siza Vieira, em representação de Sua Excelência o Primeiro Ministro  

POPH
QREN
Governo da República Portuguesa
União Europeia