CIP e Nova SBE criam Observatório para a Requalificação Profissional

  Categoria: Comunicados, Destaque

student-849825_1920png

 

A CIP – Confederação Empresarial de Portugal e a Nova Forum Executivos apresentam no próximo dia 22 de outubro, no Congresso CIP 2019, o ReSkill Hub – Observatório Português de Requalificação Profissional.

O ReSkill Hub é a resposta operacional da CIP aos desafios e oportunidades criadas pelo processo de automação. Uma ferramenta que vai facilitar e acelerar o encontro da procura e oferta de conhecimento especializado através de uma plataforma de interface entre empresas, trabalhadores e educadores que informa, coordena, facilita e avalia o processo de reskilling dos trabalhadores em Portugal. Uma plataforma que irá implicar, numa primeira fase, o mapeamento das necessidades de requalificação em Portugal, reais, atuais e futuras, em estreita articulação com as empresas, além do levantamento da oferta formativa atualmente existente.

Recorde-se que, o estudo “Automação e o Futuro do Trabalho em Portugal”, elaborado pela CIP em parceria com a Nova School of Business and Economics e o McKinsey Global Institute (MGI), estima que a adoção da automação em Portugal leve à perda de 1,1 milhões de empregos até 2030. Portugal apresenta aliás um dos maiores potenciais de automação (50%), quando comparado com outros países, ficando apenas atrás do Japão. Em grande medida, isso deve-se à alta concentração de atividades no setor manufatureiro, comércio e atividades administrativas (22%, 19% e 10% do emprego total, respetivamente) e ao alto percentual de atividades repetitivas nos diferentes setores da economia portuguesa. O mesmo relatório aponta, no entanto, a possibilidade de criação de 600.000 a 1,1 milhões de empregos, nomeadamente nos setores de assistência social e de saúde, serviços profissionais, científicos e técnicos, e da construção.

Até ao momento a atuação governamental e empresarial em relação aos desafios criados pela automação e digitalização tem sido em grande parte reativa. “Na sequência do estudo, cujos resultados tornámos públicos já em janeiro deste ano, a CIP decidiu adotar uma política ativa que favoreça a requalificação profissional em Portugal. Essa requalificação é fundamental para que os benefícios da automação possam ser colhidos e os seus custos minimizados”, nota António Saraiva, Presidente da CIP. “É para isso necessária uma correta articulação entre o poder público e as empresas, as escolas e as universidades. É isso que nos propomos fazer”, adianta o responsável da CIP.

Para Daniel Traça, Diretor da Nova SBE, “O ReSkill Hub, em parceria com CIP, visa dar resposta à forte transformação pela qual a força de trabalho em Portugal irá passar na próxima década. Transformação esta que é fruto de uma expectativa de investimento crescente em automação. O objetivo desta iniciativa é de informar, coordenar e acelerar a requalificação profissional em Portugal. Esta é uma iniciativa que se enquadra dentro do plano estratégico da escola para que esta se torne numa comunidade colaborativa capaz de energizar todos os setores da sociedade e de ter impacto”.

O Congresso CIP 2019, dedicado ao tema “Portugal: Crescimento ou Estagnação? A resposta está nas empresas”, realiza-se dia 22 de outubro, no Centro de Congresso do Estoril.

Programa atualizado em aqui.

Partilhar...Email this to someoneTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on LinkedIn