Categoria: Notícias



Calçado em números

2018-07-13_calcado-em-numeros

 

Notícia APICCAPS
http://www.apiccaps.pt/

A indústria portuguesa de calçado exporta mais de 95% da sua produção para 152 países nos cinco continentes. Nos últimos oito anos, as vendas de calçado português aumentaram mais de 60% e foram criados cerca de 10 000 postos de trabalho.

A indústria portuguesa de calçado está em permanente evolução. É uma industria jovem moderna e voltada para o futuro, que alia a tradição e o “saber fazer” acumulado ao longo de gerações às mais modernas tecnologias e a um design vanguardista.
Conheça, agora, o calçado português em números

1.526
O número de empresas de calçado em Portugal, no final de 2017, segundo o Gabinete de Estudos da APICCAPS. Desde 2010, foram criadas 280 novas empresas (mais de 22,4%).

40.080
O número de trabalhadores no setor de calçado. O emprego aumentou 25 desde 2010 para 40.080 profissionais. Desde 2010, foram criados 7948 novos empregos. Na fileira, os números são ainda mais expressivos, tendo sido criados 10.179 empregos.

83.257.409
O número de pares de exportados por Portugal, em 2017. Relativamente ao ano anterior, assinala-se um aumento de 2,9%.

1.965
Milhões de euros de exportação. O valor máximo histórico registado pela indústria portuguesa de calçado, em 2017. Trata-se do oitavo ano consecutivo de aumento das exportações.

72
Milhões de euros. O valor exportado pela indústria portuguesa de calçado para os EUA em 2017. Desde 2010, assinala-se um crescimento na ordem dos 500% (12 milhões de euros exportados em 2010). Os EUA são já o sétimo mercado de destino do calçado português nos mercados internacionais.

Partilhar...Email this to someoneTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on LinkedIn

  Categoria: Notícias


CUF muda marca para Bondalti

logo-bondalti-para-site-jose-de-mello

 

 

A CUF, área de negócio da indústria química do Grupo José de Mello, anunciou oficialmente no final de maio a alteração da sua identidade corporativa, assumindo uma nova marca denominada Bondalti.

A nova marca é o culminar de um processo de reposicionamento estratégico do negócio, que entra agora numa fase de mais crescimento, mais ambição, mais inovação e, sobretudo, mais internacionalização.  Traduz uma estratégia de negócio mais orientada para o mercado global, que é feito de mudança, de inovação e de um conjunto de exigências ao nível logístico.

A nova marca Bondalti é uma das variáveis no processo de transformação e crescimento do negócio e assume o compromisso de reforçar o estatuto da empresa, enquanto parceiro de referência no mercado internacional da indústria química. O reposicionamento estratégico do negócio permite reforçar o estatuto de principal produtor europeu não integrado de anilina e nitrobenzeno, traduzindo-se também na aquisição recente da unidade fabril na Cantábria, cujo objetivo é criar as condições para uma posição de liderança ibérica no mercado do cloro.

A Bondalti é a maior indústria química portuguesa – uma empresa integrada num antigo e prestigiado grupo de base familiar. Mas, mais do que números, a Bondalti cultiva valores: Inovação, Competência e Desenvolvimento Humano. É considerada um empregador de excelência e trabalha em parceria com as principais universidades portuguesas, mas também mantém projetos com centros de investigação de Espanha, Reino Unido, Alemanha e Estados Unidos da América, entre outros.

Esta experiência acumulada ao longo de várias gerações, este saber que atravessou várias revoluções industriais e tecnológicas, reinventando-se através da Inovação, é o principal capital acumulado pela Bondalti. Um capital de confiança e qualidade. Um capital que é uma garantia de futuro.

Partilhar...Email this to someoneTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on LinkedIn

  Categoria: Newsletter, Notícias


Dia do Empresário Madeirense

acif_logo_azul_transparente_quad

 

Dia do Empresário Madeirense

 O Dia do Empresário Madeirense é uma efeméride que se assinala anualmente, a 21 de maio, desde o ano de 2001, e que tem por finalidade distinguir os empresários madeirenses que se destacaram na sua área profissional, no panorama económico regional ou no país onde residem.

Este Dia surgiu por proposta da Direção da ACIF- Câmara de Comércio e Indústria da Madeira dirigida ao Governo Regional, como forma de perpetuar a data da inauguração da nova sede na Rua dos Aranhas, a 21 de maio de 2001. Desde essa altura, a ACIF-CCIM tem, ano após ano, celebrado este dia com a realização de um seminário subordinado a temáticas da atualidade e com um jantar, no qual marcam presença inúmeros empresários e entidades oficiais.

Desde 2016 que o Dia do Empresário Madeirense conta com o Alto Patrocínio de Sua Excelência, O Presidente da República, Professor Doutor Marcelo Rebelo de Sousa.

É uma honra para a ACIF-CCIM, e para todos os empresários da Região, contar com tão elevada distinção, num evento que tem vindo a ganhar dimensão de ano para ano, e que tem como intuito ressalvar o papel do empresário da nossa Região.

O Millennium BCP e a PwC são patrocinadores deste evento, mantendo uma colaboração que se iniciou há três anos, no caso da consultora, e há dois anos, no caso da entidade bancária.

Dia do Empresário Madeirense 2017

A Economia Sem Fronteiras em debate

Este ano, o tema que norteia as comemorações do Dia do Empresário Madeirense é “ A Economia Sem Fronteiras”.

A sessão de abertura terá início pelas 14h30, no Centro de Congresso da Madeira, com a intervenção do Presidente do Governo Regional da Madeira, do Representante da República e da Presidente da Direção da ACIF-CCIM. Seguem-se as homenagens aos empresários que a Associação entendeu homenagear, designadamente José Alberto Caires, empresário do setor do comércio, no ramo das óticas, com lojas na Madeira, nos Açores, no continente e em Madrid; José Barreto, empresário do setor do turismo, atual administrador da unidade hoteleira Quintinha de São João e da Casa do Turista, famosa loja do bordado da Madeira; e António Pestana, emigrante no Reino Unido e empresário do setor da construção.

O debate terá a participação do diretor executivo do Millennium bcp, Rui Teixeira, da partner da PwC, Rosa Areiras, do administrador da Douro Azul, Mário Ferreira e da criadora de moda Fátima Lopes, e será moderado pelos jornalistas Júlio Magalhães, do Porto Canal e Cesário Camacho, da RTP Madeira.

Após a sessão, segue-se o jantar de gala no hotel Pestana Casino Park, com a presença de inúmeros empresários e entidades oficiais, e que contará, pela primeira vez, com a presença do Primeiro Ministro, António Costa.

 

Torneio de Golfe 600 anos da Descoberta da Madeira

Ainda no âmbito do Dia do Empresário Madeirense, realiza-se, a 20 de maio, no Clube de Golfe do Santo da Serra, o Torneio de Golfe 600 anos da Madeira, um evento integrado nas comemorações da Descoberta da Madeira e do Porto Santo, que terá a presença de uma centena de adeptos desta modalidade desportiva, muitos provenientes do território nacional.

Este Torneio, que se realiza pela primeira vez na Madeira, será organizado pela SGF – Sociedade Gestora de Fundos e pela ACIF-CCIM, com o apoio da Secretaria Regional do Turismo e Cultura, e integrará o Circuito Nacional da AEP – Associação Empresarial de Portugal.

Dada a dimensão nacional que este evento encerra, e sendo o golfe um desporto com alguma tradição na Madeira, o que potencia a vinda de um número considerável de turistas, a ACIF-CCIM aproveitará a ocasião para promover o destino Madeira, enquanto destino de golfe com excelentes condições para a prática desta modalidade desportiva, quer na ilha da Madeira, que neste momento possui dois campos de golfe, quer na ilha do Porto Santo.

Partilhar...Email this to someoneTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on LinkedIn

  Categoria: Newsletter, Notícias