Categoria: Comunicados



CIP desapontada com os resultados do Conselho Europeu

conselho europeu

 

CIP desapontada com os resultados do Conselho Europeu

“Estamos a repetir os erros do passado recente”

 

Os líderes Europeus reuniram-se ontem por vídeo conferência e emitiram uma declaração conjunta. A CIP – Confederação Empresarial de Portugal considera que os resultados do Conselho Europeu ficaram muito aquém do necessário.

Face a este choque simétrico que vivemos, é o momento de os líderes Europeus demonstrarem capacidade de ação resoluta e coordenada, num espírito de solidariedade. Em vez disso, deparamo-nos com uma declaração onde a magnitude do desastre económico é menorizado, sem vislumbre de verdadeira União.

Claramente, neste momento, a primeira prioridade é lidar com a crise de saúde ligada ao COVID-19, assegurando as condições necessárias para conseguir dar resposta aos cuidados de saúde.

Mas é urgente coordenar esforços e concentrar recursos para lidar com as consequências desastrosas do COVID-19, que já se fazem sentir a nível socioeconómico. Precisamos de usar todos os instrumentos ao nosso dispor, bem como os recursos financeiros disponíveis, para atacar de forma contra-cíclica esta crise. É necessária uma resposta coordenada e de ajuda mútua de todos os Estados-Membros se quisermos recuperar com a máxima rapidez desta crise.

“A declaração conjunta dos líderes europeus demonstra que não aprendemos com os erros do passado. Precisávamos de uma demonstração de confiança, união e solidariedade que seria também fundamental para reforçar o papel e a credibilidade da União Europeia face aos cidadãos europeus. Precisamos de ações concretas para relançar o investimento e assegurar o emprego e a sobrevivência das empresas. Em vez disso, verificamos que certos países mantêm uma visão limitada e individualista que trarão consequências desastrosas para o crescimento, criação de emprego e para o futuro da União Europeia”, afirma o Presidente da CIP, António Saraiva.

Partilhar...Email this to someoneTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on LinkedIn

  Categoria: Comunicados, Destaque


CIP defende estímulo fiscal, coordenado e ambicioso, a nível europeu

ConselhoEuropeu_sede

 

Conselho Europeu

CIP defende estímulo fiscal, coordenado e ambicioso, a nível europeu

 

  • BusinessEurope apela a plano de reconversão industrial europeia para assegurar produção de bens essenciais

A CIP – Confederação Empresarial de Portugal defendeu ontem, na reunião que juntou parceiros sociais e Governo, a aplicação de um estímulo fiscal, coordenado e ambicioso, a nível europeu. No encontro de preparação da reunião do Conselho Europeu, que junta hoje os líderes dos 27 Estados-membros, a CIP afirmou ainda a urgência de trazer novamente o debate sobre coronabonds à mesa de negociações.

Para a CIP, a Europa deve usar todos os instrumentos ao dispor, bem como os recursos financeiros disponíveis, para atacar de forma contra-cíclica esta crise. Lembra ainda que é necessário agir de forma muito mais assertiva e coesa face àquela que foi a estratégia europeia de resposta à crise financeira de 2008.

A União Europeia deverá mostrar que aprendeu com os erros do passado, nomeadamente a sua gestão da última crise, e demonstrar que consegue agir em união, em solidariedade e dando a necessária confiança aos cidadãos europeus.

Em carta enviada ao Presidente do Conselho Europeu, também a Confederação Europeia de Empregadores afirma a importância deste Conselho Europeu produzir três resultados essenciais: 1) responsabilidade, 2) ação, e 3) solidariedade.

No mesmo documento, a BusinessEurope urge a concretização de um grande plano de reconversão industrial europeia que assegure a produção de bens essenciais aos Estados-membros durante o atual ciclo de pandemia, nomeadamente na cadeia produtiva do setor da saúde. Sugere ainda a reconversão ou a exploração de capacidade produtiva temporariamente inutilizada para cumprir necessidades urgentes de carência no abastecimento de produtos.

Lembra que é fundamental assegurar o funcionamento do mercado interno para garantir as cadeias de valor e a distribuição de bens e serviços da qual iremos depender nas próximas semanas. E relembra que a União Europeia não é auto-suficiente em muitas áreas e que o comércio e investimento com o resto do mundo se mantêm necessários.

O documento vinca também a necessidade de encontrar soluções que agilizem o transporte de mercadorias dentro das fronteiras do Mercado Único, desde logo soluções harmonizadas que evitem os bloqueios de motoristas nas fronteiras.

Pierre Gattaz, Presidente da BusinessEurope, que reúne 40 confederações empresariais europeias, entre as quais a CIP – Confederação Empresarial de Portugal, enaltece a rápida ação dos Estados-membros na aplicação de medidas que garantam liquidez às empresas. No entanto, afirma também que é já notório que este apoio terá de ser estendido de forma a incluir subvenções ou subsídios que permitam apoiar empresas com modelos de negócio viáveis, severamente impactados pela atual crise, garantindo assim postos de trabalho.

Carta da BusinessEurope dirigida ao Presidente do Conselho Europeu.

Partilhar...Email this to someoneTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on LinkedIn

  Categoria: Comunicados, Destaque


CIP cria página com informação útil a todas as empresas

banner_covid19_quad

 

A CIP – Confederação Empresarial de Portugal passou a disponibilizar no seu portal uma página com informação útil a todas as empresas.

Numa única página, a CIP reúne toda a informação relevante sobre a pandemia de COVID-19 (Coronavirus) com impacto nas empresas, para que empresários, de todas as dimensões e setores, possam perceber de que forma o seu negócio pode ser afetado, permitindo-lhes tomar decisões informadas.

Aqui, é possível consultar toda a legislação emitida pelo Governo no quadro excecional de combate à pandemia de COVID-19 e de apoio à economia, bem como as orientações e esclarecimentos da Direção-Geral da Saúde, Direção-Geral do Emprego e das Relações do Trabalho, Segurança Social e Agência Portuguesa do Ambiente.

As análises da CIP aos diplomas apresentados e a informação disponibilizada aos seus associados passa também a estar em canal aberto, acessível a todos os empresários.

A CIP acompanha ainda a situação a nível internacional, publicando as orientações da Comissão Europeia, as posições adotadas pela Business Europe, com os contributos da CIP, bem como os documentos que incluem as medidas propostas pelas suas congéneres.

A página COVID-19 Informação às Empresas será alvo de atualização constante.

Partilhar...Email this to someoneTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on LinkedIn

  Categoria: Comunicados, Destaque