Categoria: Comunicados



Conselho Estratégico da CIP para a Economia Digital

2017-12-08_economiadigital

 

A CIP – Confederação Empresarial de Portugal acaba de criar o Conselho Estratégico para o setor da Economia Digital. O novo órgão consultivo da CIP é coordenado pelo ex-Secretário de Estado da Juventude e diretor de campanha de Marcelo Rebelo de Sousa, Pedro Duarte, atual Diretor de Corporate, External and Legal Affairs da Microsoft Portugal.

Os Conselhos Estratégicos da CIP são órgãos de consulta do Conselho Geral e da Direção e têm por objetivo a elaboração de propostas de decisão, recomendações ou pareceres a submeter aos órgãos dirigentes da CIP.

O peso histórico, cívico e empresarial da CIP exige uma constante adaptação às novas realidades económicas. A transformação digital é, hoje em dia, um pilar fundamental para o sucesso das nossas empresas e, desse modo, para se gerar mais crescimento, mais emprego e para garantir a competitividade da economia nacional. Este Conselho Estratégico procurará dar o seu contributo para que o País se afirme neste novo mundo em que as tecnologias deverão ser uma ferramenta de sucesso económico e de justiça social”, afirma Pedro Duarte.

O mesmo responsável adianta que: “Uma das maiores vantagens que esta revolução digital traz é permitir às empresas de pequena dimensão, localizadas em qualquer ponto do globo com acesso à internet (por exemplo, no desertificado interior do País), as condições para competir num mercado global. Felizmente, já temos bons exemplos em Portugal que merecem ser seguidos e replicados”.

O Conselho Estratégico para a Economia Digital reúne os principais representantes do setor nacional que, em nome individual, contribuirão para a construção do pensamento estratégico da economia digital em Portugal, consolidado no conhecimento e na larga experiência de que dispõem no setor.

Personalidades confirmadas:

António Raposo Lima Country Manager IBM
Sofia Tenreiro Country Manager CISCO
Luis Urmal Carrasqueira Country Manager SAP
Filipe Pais AMAZON Western Europe
José Correia Country Manager HP
Hugo Abreu Country Manager Oracle
Paula Panarra Country Manager Microsoft
Borges Gouveia Universidade Aveiro
Miguel Pina Martins CEO Science4you
Nuno Santos Country Manager GFI
Carlos Oliveira Presidente Invest Braga
Celso Guedes de Carvalho Presidente Portugal Ventures
Carlos Lacerda Presidente ANA
Miguel Frasquilho Chairman TAP
Luis Sousa Presidente ASSOFT
Luis Viegas Cardoso Assessor Presidente Comissão Europeia
Adelino Costa Matos Presidente ANJE
Pedro Vargas David CEO ALPAC Capital
Bernardo Correia Country Manager Google
Alexandre Fonseca CEO PT
Arlindo Oliveira Presidente Instituto Superior Técnico
Luis Antunes Universidade Porto
Jorge Brás CEO Pathena
Graça Canto Moniz Nova Lisboa
Paulo Rosado CEO Outsystems
Rogério Carapuça Presidente APDC
Pedro Rocha Vieira CEO Beta-i
João Vasconcelos Ex-SE Industria
António Martins da Costa CA EDP
Tiago Craveiro Diretor executivo FPF
António Casanova CEO Unilever Iberia
Francisco Almada Lobo CEO Critical Manufacturing
Cristina Fonseca Co-Founder TalkDesk
Cipriano Sousa CTO Farfetch
Armindo Monteiro Presidente ANETIE
Partilhar...Email this to someoneTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on LinkedIn

  Categoria: Comunicados, Destaque


Protocolo CIP – COSEC para apoiar exportações nacionais

2017-12-07_protocolocip-cosec

 

A CIP – Confederação Empresarial de Portugal, representada pelo seu Presidente, António Saraiva, e a COSEC – Companhia de Seguro de Créditos, SA, representada pela Presidente do Conselho de Administração, Maria Celeste Hagatong, assinaram a 7 de dezembro um Protocolo de colaboração para o desenvolvimento e concretização de iniciativas e de instrumentos de apoio às exportações e à internacionalização das empresas portuguesas. Esta iniciativa visa o incremento da exportação de bens e serviços de origem portuguesa, apoiar a diversificação dos mercados de exportação, o fomento do investimento empresarial e o reforço da competitividade das empresas portuguesas, sobretudo em mercados de risco mais agravado.

As exportações têm sido um dos principais pilares do crescimento nacional dos últimos anos e uma prova da resiliência e da capacidade dos empresários portugueses, e desempenham um papel essencial no desejável crescimento económico sustentado do país.

Com a assinatura deste Protocolo, a CIP e a COSEC concretizam o apoio às empresas nacionais exportadoras e/ou com processos de internacionalização em curso, através da disponibilização de um conjunto de produtos e serviços ligados aos instrumentos de apoio à exportação e internacionalização. O acordo agora assinado garante ainda a facilitação da estruturação do seguro de riscos políticos relativo a operações de exportação e/ou de financiamento em que as empresas, associadas da CIP ou das suas associadas, estejam presentes.

O Protocolo prevê ainda a realização de ações de informação sobre os instrumentos de seguros de créditos à exportação, seguros caução e seguros de investimento com a Garantia do Estado, bem como a divulgação sobre os tipos e as modalidades de coberturas disponibilizados, mercados elegíveis, e dos procedimentos de contratação às empresas portuguesas.

dsc01148   dsc01154

dsc01157   dsc01161

Partilhar...Email this to someoneTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on LinkedIn

  Categoria: Comunicados, Destaque


CIP defende políticas de coesão e competitividade em Bruxelas

cip_bruxelas2017

 

O Presidente da CIP, António Saraiva, esteve em Bruxelas, a 21 e 22 de novembro, para defender políticas que promovam a coesão e a competitividade da Europa.

O Presidente da CIP – Confederação Empresarial de Portugal, António Saraiva, esteve em Bruxelas para uma maratona de encontros com responsáveis da política europeia, para apresentar propostas com vista à coesão e à competitividade da economia europeia.

António Saraiva foi recebido pelo gabinete do Presidente Juncker. Também por George Dassis, Presidente do Comité Económico e Social Europeu, pelo gabinete da Comissária Corina Creţu, sobre política regional, e ainda pelo Comissário para a Investigação, Ciência e Inovação, Carlos Moedas. O responsável da CIP reuniu com o gabinete da Comissária Elżbieta Bieńkowska, sobre política industrial, e com o Embaixador Nuno Brito, Representante Permanente de Portugal junto da União Europeia. A agenda terminou com um encontro com os Eurodeputados portugueses.

O Presidente da CIP fez-se acompanhar de uma comitiva de responsáveis de associações empresariais nacionais. Na agenda levou as prioridades das empresas portuguesas para a Europa.

Desde logo, a necessidade de assegurar uma política Europeia de coesão forte e preparar a União Europeia para a próxima década, apostando na inovação, digitalização da economia, em grandes infraestruturas de transporte, energia e comunicação. Objetivos estes que devem estar contemplados e ser prosseguidos através do próximo quadro comunitário plurianual pós-2020, cujo funcionamento e sistemas de controlo devem ser, desejavelmente, simplificados, de forma a facilitar o uso dos fundos disponíveis.

A necessidade de aprofundar a União Económica e Monetária será outro dos temas em cima da mesa. A CIP defende a implementação de reformas estruturais e a aplicação reforçada do mecanismo de desequilíbrios macroeconómicos, tanto nos países deficitários como nos excedentários, uma vez que a competitividade empresarial deve refletir-se em crescimento económico sustentado e equilibrado e não na acumulação de excedentes externos. A CIP considera ainda ser necessário rever as regras do Pacto de Estabilidade e Crescimento, por forma a que não visem apenas a procura de uma maior disciplina, mas antes encoraje os Estados membros na orientação das suas finanças públicas para uma composição mais favorável ao crescimento.

O Presidente da CIP teve ainda oportunidade de levar outras mensagens de interesse nacional, aos responsáveis da política europeia, tais como a necessidade de:

  • Completar o Mercado Único em todas as suas dimensões, nomeadamente através da eliminação das barreiras que ainda subsistem quanto à livre circulação de mercadorias e à livre prestação de serviços;
  • Completar um mercado único da energia verdadeiramente integrado e competitivo, com a necessária implementação de interconexões transfronteiriças de gás e eletricidade;
  • Abordar matérias sociais e de emprego, como a modernização dos mercados de trabalho, dos sistemas de educação e formação profissional e dos sistemas de proteção social;
  • Avançar com uma política comercial global e ambiciosa, através da concretização de vários acordos comerciais em atual negociação (Mercosul, Japão, México); ou cuja negociação terá início (Austrália e a Nova Zelândia); além de assegurar a evolução das relações com Africa.
  • Colocar a competitividade no centro de uma nova estratégia industrial para a Europa: uma estratégia, integrada, moderna e baseada na inovação, digitalização e progresso tecnológico. Entre outros, é importante ter em conta o impacto da política energética na competitividade industrial, uma vez que o valor acrescentado da indústria é e continuará a ser muito dependente da capacidade de acesso à energia a custos competitivos. Os preços da energia para o consumidor industrial na UE são mais do dobro dos praticados nos EUA.

Conheça aqui as prioridades da CIP para a Europa.

António Saraiva encontrou-se com funcionários portugueses nas instituições europeias e participou ainda na segunda edição do Innovation Sessions, organizada pela AICEP, em colaboração com a CIP, a Agência Nacional de Inovação e a Eupportunity, uma missão empresarial com o objetivo, este ano, de promover os temas da mobilidade e da digitalização da economia.

bruxelas-2017-1

A Comitiva da CIP (da esquerda para a direita) – José Luís Ceia (AEVC), Sílvia Machado (CIP), Carla Sequeira
(CIP), Luís Miguel Ribeiro (AEP), António Saraiva (CIP), Vítor Poças (AIMMP), André Vieira de Castro
(AIMINHO), Joana Valente (CIP), José Cordeiro (AED) e Luís Rebelo da Silva (APEQ)

img_20171120_193421_resized_20171121_124810530

Encontro da CIP com funcionários portugueses nas instituições europeias

wp_20171121_15_12_53_pro

Reunião com o Gabinete do Presidente Juncker

bruxelas-2017-3

Reunião com o Comissário Carlos Moedas

23795425_10214380343240098_4215659138285409145_n

Jantar com Eurodeputados portugueses
Partilhar...Email this to someoneTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on LinkedIn

  Categoria: Comunicados, Destaque, União Europeia