BusinessEurope aprova Economic Outlook e discute aprofundamento da UEM

  Categoria: Assuntos Económicos, Destaque, União Europeia

2017-06-12_beeconomicoutlook

A CIP participou, a 24 de maio, na reunião do Comité dos Assuntos Económicos e Financeiros (ECOFIN) da BusinessEurope, que teve como principais pontos da agenda a aprovação do Economic Outlook da primavera e a discussão sobre o aprofundamento da União Económica e Monetária (UEM).

No seu Economic Outlook, relatório que contou com a contribuição da CIP, a BusinessEurope reviu em alta as suas previsões de crescimento para 2017, para 1.9% na União Europeia e 1.7% na zona do euro (mais 0.3 e 0.2 pontos percentuais relativamente às previsões do Economic Outlook do outono). Para 2018, espera-se que o crescimento se mantenha num ritmo semelhante, perspetivando-se mesmo um potencial de crescimento mais forte se os desenvolvimentos políticos e económicos forem favoráveis.
O consumo deverá permanecer o principal motor do crescimento e espera-se que o investimento acelere para 3% este ano e no próximo. Mesmo assim, ao ritmo atual, só em 2024 é que o investimento chegaria aos níveis anteriores à crise.
Em termos de política económica, a BusinessEurope defende a continuação da implementação de reformas estruturais e a concentração das despesas públicas no investimento, sem prejuízo da consolidação orçamental, nos Estados-membros onde ainda se revela necessária.
A BusinessEurope considera ainda fundamental trabalhar para reduzir as barreiras ao comércio global.
Embora existam sinais de que o acesso ao financiamento melhorou recentemente, na maioria dos países, os bancos ainda permanecem mais restritivos na concessão de crédito.
Conheça o documento na íntegra aqui.

Quanto à UEM, o consenso favorável a uma maior ambição com vista ao seu aprofundamento refletiu-se já na primeira reação da BusinessEurope ao documento de reflexão da Comissão Europeia, divulgado no dia 31 de maio. A BusinessEurope congratulou-se com o caminho claro que a Comissão propôs, através da criação de uma união bancária completa e do reforço do papel da União Europeia no sentido da coordenação e da convergência económicas.

POISE_PT2020_FSE_Bom

Partilhar...Email this to someoneTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on LinkedIn